Vida Malvada

Posted on by Kazill

8 Replies to “ Vida Malvada ”

  1. Mar 14,  · Ê, vida malvada Aprecio muito as estradas que levam a nada Sou filho de um padre caído, banido do Éden Que pegou na pinga e perdeu-se na vida com ela Nunca tive sorte ou dinheiro, êta, vida malvada Ê, vida malvada Aprecio muito as estradas que levam a nada Tive um amor que queria minh'alma domada Deixei-o como um ladrão deixa a casa.
  2. Rolando Boldrin - Vide Vida Marvada (Letra e música para ouvir) - Corre um boato aqui donde eu moro / Que as mágoas que eu choro são mal ponteadas / Que no capim mascado do meu boi / A baba sempre foi santa e purificada /.
  3. Windows is Microsoft’s operating system created in , extremely popular due to its graphical user interface (GUI) based on windows. This operating system not only runs on personal computers, but is also available in different versions, for mobile devices and .
  4. Listen to Vida Malvada from Xutos & Pontapés's Circo De Feras for free, and see the artwork, lyrics and similar artists.
  5. Não sou do tipo de homem que tem a palavra Aprecio muito as estradas que levam a nada Fui criado assim nos beirais dessa vida malvada Ê, vida malvada Aprecio muito as estradas que levam a nada Sou filho de um padre caído, banido do Éden Que pegou na pinga e perdeu-se na vida com ela Nunca tive sorte ou dinheiro, êta, vida malvada Ê, vida malvada Aprecio muito as estradas que levam a .
  6. Vida Malvada Letra: Adeus vida atinada, dos horarios e das bichas, e das gripes do inverno, e do suor do verao, adeus vida atinada, Adeus as praias, cheias de gente, e um beijo pra quem fica, Adeus vida atinada, ter de dormir sete horas.
  7. Tu lector de manga online. Contenidos. Tumangaonline no realiza las traducciones aquí realizadas y solo es un repositorio con visor propio para que distintos grupos de traducción puedan compartir sus propios proyectos de forma pública y organizada para el disfrute de todos.
  8. Eta vida malvada Eh! Vida malvada! Aprecio muito as estradas Que levam a nada Tive um amor que queria Minha'lma domada Deixei-o como um ladrão Deixa a casa roubada Mais uma fronha molhada Eta vida malvada Eh! Vida malvada! Aprecio muito as estradas Que levam a nada Tô sempre com as malas prontas E a mula selada Fiz da minha vida um percurso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *